Documentário para cinema e televisão

 

Documentário de 90 minutos, e com versão reduzida de 72 minutos para televisão, que traça um retrato sobre o doping de competidores de alto rendimento e de amadores, assunto que ganhou relevo e visibilidade devido os Jogos Olímpicos de 2016, realizado no Rio de Janeiro. O filme mostra a ampliação dos casos de doping no mundo todo, mostrando os escândalos mais famosos ligados ao assunto, além de trazer atletas e especialistas para falar sobre o assunto.

O documentário tem direção do jornalista Paulo Markun e co-produção da Globo News e Globo Filmes.